Nós na mídia (tá virando rotina)

março 31, 2010

Foto de mulher chic pra chamar mais atenção (o pneu traseiro tá meio murcho)

A nossa infiltrada jornalista Verônica emplacou mais uma.

A revista IstoÉ desta semana trouxe mais uma matéria sobre bicicletas. Desta vez o tema foi a cultura que se vem criando entorno das magrelas.

Dom Pablo apareceu bem na foto, mais uma vez. E é engraçado que no quadro resumo três das quatro coisas citadas somos nós.


Dicas que salvam vidas, principalmente as nossas.

setembro 28, 2009

Galera.

Após quase ter perdido a vida nesse fim de semana – e só não “passei dessa pra outra” porque me joguei com a bike para cima da calçada – fiquei pensando em uma forma de ajudar as pessoas com um pouco da minha experiência de quatro anos nas ruas trabalhando de  “bike messenger” em Londres. E, claro, com a ajuda de vocês.

Pensei em postar algumas dicas de situações que podem ocorrer com qualquer um, das que já aconteceram comigo, das que eu ja ví com os outros e das que já aconteceram com vcs. Com a sua ajuda colocarei em breve uns desenhos dessas situações.

Na minha opinião isso será de muita ajuda às pessoas que estão começando a encarar essa cidade maluca com esse trânsito ignorante, pois só estou aqui iniciando esse post por ter sido salvo pela minha própria experiência e fiquei imaginando se fosse outro ciclista no meu lugar e quantos passam por situações semelhantes todos os dias.

Desculpem se estou verborrágico, é que sinto como se tivesse renascido.

Grande abraço a todos.


Colnago

agosto 6, 2009
Seu Colnago

Seu Colnago

Carbono tem alma?

Pra que se preocupar se o quadro é feito na China, o que importa é que o desenho, a idéia, a alma da bicicleta continuam sendo italianos.

É o que argumenta o pessoal da Colnago na sua muito instrutiva página.

Pra quem gosta molto da Colnago, o álbum de fotos. Pra quem  gosta pra caralho, um vídeo com o Seu Colnago apresentando seu museu.

Esse post foi inspirado pelo Maglia Rosa e é uma homenagem ao Canna.

Canna chifrando a namorada com uma Colnago

Safado


A Albina ficou pronta

julho 21, 2009

Mais uma fixa paulistana recém saída do forno. Veja o antes e depois da Peugeot do André. Mais fotos e o relato de como foi montada foram prometidas para breve.

antes

antes

Descobri a brincadeira em uma viagem e agora estou montando a minha. Na verdade já está pronta, mas recebendo alguns retoques pra ficar mais redonda. Estou arrastando outros 2 amigos para o mundo das fixas e em breve estaremos pelas ruas.

depois

depois

A ‘branquela’ ficou pronta.

Depois de muito bate-papo cheguei a uma configuracao inicial e mandei bala na idosa Peugeot.

De relato por enquanto so’ uma dor forte no joelho…. hahahahAa

Mas sempre buscando um tempinho pra treinar forte pras FixOlimpiadas…


Você pagaria um barão numa bike sem freios?

julho 16, 2009

San Diego revista

“Quando pedalo pelado em circunstâncias normais, tendo a correr. Amo o vento no meu corpo. Mas não hoje. Hoje estou pedalando uma roda-fixa de U$ 750 e tenho que ser cuidadosa, pois diferentemente das milhares de pessoas que pedalam fixas em São Diego, eu não tenho a menor idéia do que estou fazendo.”

A foto é boba. O título é idiota. Mas a matéria é boa.

A repórter Rosa Jurjevic fez um relato de seu primeiro contato com uma fixa e e falou um pouco sobre o que está acontecendo por lá. O entrevistado, que (obviamente) emprestou a bike, é bacana.

Em inglês. Enviada pelo amigo Alberto.


ECMC 09

junho 7, 2009

ECMC 09 02

Grande inspiração para a fixolimpíada, aconteceu recentemente em Berlin o ECMC 09.

Encontro europeu de entregadores que acabou se tornando mundial.

Competições, cervejas e gente do mundo todo. Os ingredientes perfeitos para uma grande festa nas ruas, aproveitando o verão que se aproxima para eles.

Leia no blog do Gabba um relato cheio de fotos de quem esteve lá.


Projeto verão 2009: minha primeira fixa

março 2, 2009

Temos a honra de apresentar mais um afixionado: Rafa Rodolfo nos relata como foi seu primeiro contato com uma roda fixa e o caminho que está percorrendo para ter uma. A primeira, segundo ele.

rafa-rodolfo-01

Não tenho muita certeza, mas acho que foi na minha primeira bicicletada que eu vi uma fixa, foi a do Haase. Achei muito legal uma bicicleta tão simples como são as fixas, eu não conhecia ninguém na bicicletada então só fiquei ouvindo as conversas, não lembro exatamente as palavras, mas eram coisas do tipo: “não usa freio, para com o pedal…” e eu me perguntava “com assim?”. (Como se para uma fixa)

Pesquisei na rede, achei um zilhão de sites, vídeos, blogs e etc, sobre o assunto e descobri:

Primeiro, as fixas estão na moda (tenho um pouco de aversão de coisas da moda).

Segundo existe uma cultura e uma paixão incrível por elas.

Terceiro, a forma de pedalar é totalmente diferente das bikes de roda livre, você tem que aprender a pedalar de novo, e como diz o meu sensei de AIKIDO, Maruyama sensei: “fazer uma coisa que você já sabe só que de um jeito diferente exercita a mente”.

Eu andei pouco de fixa, na verdade andei uns dois minutos com a fixa do Repolho, no dia do bike tour.

Todos os depoimentos que li e ouvi me levaram a seguinte conclusão, pedalar uma fixa exige que o ciclista se harmonize com a bicicleta e com o ambiente externo, carros, pedestres, buracos, curvas, enfim tudo que tem no caminho, por esses motivos, mesmo tendo andado apenas 2 minutos em uma, me apaixonei por elas e decidi montar uma pra mim.


rafa-rodolfo-02

Aparentemente é fácil montar uma fixa, percebam o “APARENTEMENTE”, porque para mim não foi não.Consegui a bicicleta, uma caloi 10 paguei muito caro por ela 300 reais, ela não valia isso, mas vamos dar um desconto porque eu estou com a “febre da fixa”. Antes da bike eu comprei um cubo traseiro de freio a disco, onde o pinhão pode ser preso com parafuso, acabando com o problema da rosca que fica saindo.

Achei que seria melhor eu mesmo pintar o que foi provado por A + B que não, porque eu não tinha compressor, a coordenação necessária e também sou muito desastrado e mesmo com as dicas do Canna ficaram vários escorridos, por isso as outras peças eu mandei pintar na Casa Alberto (dica do Haase).

Ela já ta quase, só falta às peças chegarem da pintura, para mandar montar, eu pensei que ia terminar ela no fim das minhas férias (janeiro) já estamos no fim de fevereiro e ainda não rolou, mas com certeza em março ela vai ficar pronta.

rafa-rodolfo-03


As possibilidades são infinitas

fevereiro 26, 2009

Por mais que nosso mercado seja ridículo e seja ridiculamente difícil encontrar qualidade e variedade por aqui, não desistamos!! Por mais que nosso trânsito seja assassino e doa muito sentir isso na pele, não desistamos!! Por mais que a cidade seja feia, poluída, cinza e desumana, não desistamos!! Por mais que insistam em nos expulsar das ruas, não nos cumprimentem, não nos enxerguem, nós não vamos desistir!!

Justamente por causa de tudo isso, continuaremos.

A criatividade e a cooperação são nossas armas.

À luta!!


Meu filho já tá de fixa!!! Enquanto eu vou enrolando…

fevereiro 4, 2009

Nesse natal, meu filho de 2 anos e 2 meses e minha sobrinha de 3 anos foram até o shopping com minha mulher e sogra, pedir o presente para o Papai Noel. Minha sobrinha, filha de um engenheiro da Honda pediu uma moto. Mas para a minha alegria, sem que houvesse indução por parte de qualquer um (nem estava no dia), ele subiu no colo do bom velhinho e fez o melhor pedido que eu poderia ouvir.

- Papai Noel, eu qué uma “Biqueta”.

Nem preciso falar que quase engoli minhas orelhas de tanta felicidade. Mas era eu quem queria dar uma bicicleta a ele, quando falei que iria comprar recebi a notícia que a magrela já estava lá a minha espera para montá-la.Essa não é a primeira bicicleta do meu bebê, comprei uma Bichiclo (bicicleta de madeira, sem pedal) quando ele fez um ano, apesar de “tentar” estrea-la na Bicicletada das Crianças de 2007, só agora é que ele esta começando a brincar com ela.

Primeira bicicleta

Fiquei um pouco frustrado em saber que não fui eu quem comprou a bicicleta, mas bastou só abrir a caixa e mais outra surpresa, não é que minha sogra comprou uma FIXA para meu bebe?

Uma bicicleta simples, aro 12 com rodinhas.

Mini fixa

Na verdade meu sogro até montou, mas tive que desmontá-la pois estava muito dura para pedalar, sem contar que a roda de trás não estava tão alinhada.

Pinhão de Plastico

Na montagem vi que o freio, bem fraquinho, acabava travando a bicicleta deixando-a mais difícil de pedalar. Resolvi então arrancá-lo, quando ele estiver pedalando melhor eu instalo esse ou um freio decente.

Bike montada, presente dado e minha alegria foi maior ainda, pois mesmo com a motinho da Prima ali do lado, meu bebe só queria saber da sua Fixa.

Vendo os amiguinhos de moto lá atrás...

No primeiro dia ele tinha dificuldades, a bicicleta travava e eu tinha que dar um empurrãozinho, mas o tempo foi passando e em menos de um mês já pedala com desenvoltura, se arriscando até numas descidas.

Animal, 1 dia meu pai terá uma também

Meu filho já deu o exemplo, posso dizer que ele pedala de fixa melhor do que eu. A minha virá em breve, acho que serei o primeiro de fixa aro 26 de Sampa. Vou pegar minha Caloi Aluminum 94, a bicicleta que usei em minha primeira cicloviagem e transformá-la em fixa. Espero que esse seja o meu próximo post.

André Pasqualini
Do site CicloBR, sem vergonha pois ainda não montou sua fixa.


Ideia Fixie

outubro 23, 2008

“Olá Pessoal,

Sò para constar que ficou pronta a minha fixa aqui em Beagá.

Ideia Fixa, a Fixa do Fernado , de Belo Horizonte

Ideia Fixie, a Fixa do Fernado , de Belo Horizonte

To colocando aqui para agradecer de montão ao Pastor Canna que deu muita força por emails. Valeu Tio Canna.”

Fernando Norte

+ fotos – aqui

As fixas no Brasil

O N E   L E S S   G E A R


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 69 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: