Escocês voador e sem noção

maio 25, 2009
67x13!!! É isso mesmo:67x13!!!!!!!

67x13!!! É isso mesmo:67x13!!!!!!!

Graeme Obree é um cara da hora.

Péssima piada. Foi mal.

Mas eis que o escocês voador ataca novamente. Essa bici estranha ai encima é a nova criação desse maravilhoso maluco teimoso. É com ela que ele pretende, segundo meu amigo Maglia Rosa, ainda este ano bater mais uma vez o recorde da hora.

Santa teimosia. A depressão e o suicídio são muito sem graça quando se pode entrar para a história ignorando que o ser humano tem limites.

Para o alto e avante.

Para o alto e avante.


Fixa de madeira

maio 23, 2009

Fixa de madeira

Essa não precisa lubrificar a corrente.

E muito cuidado na hora do skid. Pisos abrasivos podem provocar faíscas.

Enviada pelo Laércio.


Christiane F(ixa)

maio 21, 2009

Mais uma fixa nas ruas de Sampa. Mais uma produção da Canna Fixed Corporation. Essa deve ter dado um trabaaaaalho. E deve ter custado uma graaaaana.

Repare que relação pesada

Repare que relação pesada

Pneus Pirelli Jet Cajú que parecem a pele da Hebe Camargo

Pneus Pirelli Jet Cajú que parecem a pele da Hebe Camargo

Pra subir paredes

Pra subir paredes

Roda-fixa com blocagem, tem coragem?

Roda-fixa com blocagem, tem coragem?

Belo guidão

Belo guidão

Uma pintura que é uma obra de arte

Uma pintura que é uma obra de arte

Reparem que a coroa...

Reparem que a coroa...

... é quase menor do que o pinhão

... é quase menor do que o pinhão

Que beleza! Que acabamento!

Que beleza! Que acabamento!

Mesa SR novinha, novinha...

Mesa SR novinha, novinha...


Caça às fixas em Berlim

maio 19, 2009
Inimigos motorizados das bicis sem freios

Inimigos motorizados das bicis sem freios

E a moral e os bons costumes mostraram suas garras em Berlim.

Usando a esfarrapada desculpa da falta de equipamentos de segurança, a polícia de Berlim está em campanha para apreender as fixas de lá.

Fixas não têm freios (algumas só têm o dianteiro) porque não precisam. Na capital alemã nunca foi registrado acidente causado por fixas e pisteiras sem freio. Mas a lei manda que todas as bicicletas precisam ter dois freios, então vamos apreender estas malditas bicicletas irregulares.

Obviamente a situação é política. O hype de fixas está causando mais barulho do que o poder estabelecido está disposto a aturar. Não dá mais pra fingir que não estão vendo esses malditos comunistas, anarquistas, maconheiros, terroristas, imigrantes, pretos, ciganos, bichas, ecochatos ciclistas. Não dá mais para fingir que é só um grupinho de doidos.

Além do que, as fixas de lá custam entre 500 e 3.000 euros. Quem tem uma bicicleta neste valor obviamente vai pagar a multa de 200 euros para recuperá-la. Humm, mas que bom negócio!

O que eles farão em relação ao campeonato europeu de entregadores que acontecerá no final de semana da próxima bicicletada?

Polícia para quem precisa…

Notícia encontrada (a muito tempo atrás) no blog do Gabba.


Callas

maio 17, 2009
Callas

Callas

E o Bruns está comemorando seus vinte e poucos anos pedalando esta beleza.

Em breve, mais fotos e um relato completo do nascimento desta super lapidada fixa.

Duplo parabéns para ele.

Mais uma fixa em Sampa.


Apologia do Capacete

maio 13, 2009
Foto ilustrativa, não representa a realidade

Foto ilustrativa, não representa a realidade

Relato via lista da bicicletada SP:

“Amigos
Ontem a noite por volta da 01 da manha tambem tive um acidente. Graças ao capacete não sofri nada serio. Foi um dos unicos dias que sai de capacete e de fixa . Estava pedalando pela direita e não vi um apressadinho veiculo cruzar o farol vermelho logo ali na paulista com bela cintra. Apertei com tudo o freio da frente ( que a fixa so tem esse) e dei a famosa “volta” no ar caido de joelhos e depois batendo a cabeça. Sorte que estava com duas calças. O capacete ( ja sofrido do tombo no pico do jaragua) merece sua aposentadoria agora, depois de um ano de uso. Não saio mais sem o capacete, nem andando ” Slow Bike”. A bicicleta so teve o guidão entortado e na hora do tombo caiu em cima de mim, o que me deu um belo hematoma nas costas. Bom pelo menos to vivo !
Abraços de triplo mortal

Haase”

………..

” Aqui em São Paulo eu costumo usar sempre o capacete. Trânsito pesado é melhor se previnir contra as quedas bobas que o capacete ajuda a diminuir os danos.

Mas todo o seu relato me faz lembrar pq as vezes eu não uso o capacete. Justamente pela “falta de coragem” que ele me dá. Acabo sendo cauteloso sem a famosa casca de isopor. Afinal o bom senso e a moderação na velocidade ajudam a PREVINIR acidentes e essa é sempre a melhor solução.
Para um pouco de bom humor, clique aqui:
abs

João Guilherme Lacerda

O N E   L E S S   G E A R


%d blogueiros gostam disto: