Fixolimpix, liberdade de expressão e a burrice brasileira

fevereiro 8, 2020

A professora Kátia Rúbio, da Escola de Educação Física e Esporte da USP, está sendo queimada pela inquisição. 

Foi intimada a recolher seu livro “Esporte, educação e valores olímpicos“, fruto de anos de pesquisa, simplesmente porque no Brasil o COB é dono da palavra olímpico e todas as suas variações.

Ou seja, eles são donos da palavra Fixolimpíadas!!! Canalhas!!! Eles também são donos do Monte Olímpo?

Nem sabia que existia isso. (Será que alguém já é dono da palavra “foda”. Eu quero ser o dono da palavra foda).

É óbvio que o livro dela deve ter desagradado os caras por algum motivo. Um livro que relaciona o esporte olímpico ao desenvolvimento social realmente deve ser uma ameaça no país do faz de conta. Principalmente quando as torneiras dos cofres públicos estão prestes a sangrar. Sangrar muito.

Preventivamente, já mudei o nome da fixolimpíada, o segundo maior espetáculo da terra, para Fixolimpix. Se os caras encherem o saco a gente escreve assim: Fixo-limp-ix.

Parece uma bobagem se preocupar com isso, mas hoje é essa bobeirinha a toa, amanhã… a fogueira fica gigante.

Façamos a nossa parte. Comecemos lotando as caixas de e-mails deles:

 carlos.nuzman@cob.org.br 

 andre.richer@cob.org.br

 presidência@cob.org.br 


Até quando?…

março 2, 2012

Até quando vamos suportar esse descaso das autoridades?

Até quando os “profissionais” do trânsito vão continuar matando?

Até quando seremos reféns ?

Até quando ficaremos parados?

Até quando?…


Controle, vigilância, opressão.

agosto 2, 2011

Tudo o que não cabe numa bicicletada.

Genial idéia do Palmas. Belo vídeo do Capitão Lacerdinha.

As vezes eu sinto saudades da bicicletada. Mas ai eu lembro que ela é mal frequentada por pessoas de baixa estirpe e passado duvidoso e a vontade passa.


É na Zoropa?

julho 14, 2011

foto do Carlos Alkmin - CarlosAlkmin.com

Zoropa o caraleo!!!

Isso ai é o serviço de valet do SESC Pinheiros durante o fórum “Cidades, Bicicletas e o Futuro da Mobilidade”, promovido pelo Ciclocidade.

Se você perdeu essa, aproveite hoje e amanhã o seminário sobre melhoramentos cicloviários promovido pelo CicloBR.

Transmissão também pela interneta.

 


Copenhagen para pessoas

junho 13, 2011

Maldita Natália Garcia. Por que eu não tive essa idéia antes dela?

Deve ser uma merda pedalar em Copenhagen. Puta trânsito de bicicletas, não dá nem pra desenvolver uma velocidade maior.


Tem que andar SÓ na ciclofaixa

junho 8, 2011

O cara foi multado por andar fora da ciclofaixa. O policial não quis nem saber e argumentou que ciclista tem que andar SÓ na ciclofaixa, que SÓ a ciclofaixa é segura.

Então tá bom, o cara foi lá, passou a andar SÓ na ciclofaixa.

Custe o que custar.

Jénio!


Liberdade

maio 28, 2011

Marcha da liberdade hoje.

Enviado pelo Pedalante.

Foto de Reinaldo Canato, no uol.


O ciclocine está de volta

abril 28, 2011

Pode ser cabacisse minha, talvez ele já tenha voltado faz tempo e eu só tenha percebido agora. O importante é que o agradabilíssimo Espaço Contraponto abrirá hoje suas portas para mais uma sessão de cinema. Com o filme “Share the road” que você certamente não verá no cinemark.

Vai ser logo depois da mão na roda. Entre na página dos caras e veja onde é e como chegar.

“Share The Road é um documentário que trata da vida daqueles que andam de bicicleta em duas megacidades: São Paulo e Nova Iorque. O filme mostra a bicicleta como peça fundamental na reapropriação do espaço urbano, que pedestres e veículos não-motorizados ‘perderam’ para os carros no decorrer do último século. Diversos ciclistas paulistanos participaram do filme, entre eles Thiago Benicchio, Renata Falzoni, Aline Cavalcante, Taiza Sanna, Tinho Costa, Martin Montingelli, Daniel Haaze, Lincoln Paiva, Phillip Svercl entre outros.

‘Aqui, não somos ‘nós’ – os ciclistas – contra eles – ‘os carros’. Pelo contrário: nossa intenção é, como tentamos demonstrar através da escolha do nome do projeto, deixar claro que o que queremos está mais próximo do ‘nós E eles’. diz Andressa

Não percam!!!”


Bicicletada

abril 27, 2011


Massa crítica do ABC

abril 26, 2011

Apesar de também ter poucas fixas (só uma!), esse vídeo é o oposto do outro: a captação das imagens é uma tosquera, mas as músicas são muito boas.

E é um tesão ver uma massinha crítica surgindo e crescendo.

Grande ABC, mandando muito bem.


%d blogueiros gostam disto: